Home » Problemas Bucais » Mucosite Oral

Mucosite Oral

Pacientes submetidos à quimioterapia normalmente desenvolvem problemas na mucosa oral. Essa área pode ficar inflamada e feridas cinzas e brancas poderão se desenvolver. É outro efeito ruim da quimioterapia. A infecção pode atrasar o processo de cura. Portanto, é importante tentar evitar a mucosite oral. Se você já está com mucosite oral, é importante parar e cuidar muito bem da sua boca.

O que causa Mucosite Oral?

A quimioterapia e a radioterapia podem danificar as células sensíveis da boca e garganta. Os pacientes de câncer submetidos à quimioterapia normalmente se tornam sintomáticos na primeira semana de tratamento. Os pacientes submetidos à radioterapia terão mucosite na segunda semana de tratamento, e os sintomas durarão mais (cerca de seis semanas).

Chance de desenvolver mucosite oral em números:

  • Quase 100% dos pacientes com tumores na cabeça e pescoço desenvolvem mucosite oral quando tratados com radioterapia
  • Alarmantes 89% desenvolvem mucosite oral quando tratados com a combinação de quimioterapia e radioterapia
  • 40% dos pacientes tratados com quimioterapia

Consequências da Mucosite Oral

A mucosite oral pode causar um grande desconforto, como dores na garganta e boca. Comer alimentos quentes, azedos e muito temperados pode piorar as coisas. Também pode haver dificuldade para mastigar, engolir e falar. A qualidade de vida é afetada. Quanto mais grave for a mucosite, maior o risco de infecções (com risco de morte).

Sintomas da Mucosite Oral

A mucosite oral pode se manifestar pela sensação de boca ardendo. Engolir e mastigar pode ser dolorido. Ingerir alimentos ou bebidas pode se tornar difícil ou até impossível. E tudo isso ainda em uma fase em que o paciente precisa de nutrientes para se recuperar e fortalecer.

É possível reconhecer a mucosite oral pelos sintomas a seguir:

  • saliva grossa
  • mudança de gosto
  • gengivas vermelhas e doloridas
  • muco bucal de coloração pálida
  • bolhas doloridas na boca

 

Oral mucositis

Como prevenir a Mucosite Oral

Nem sempre é possível prevenir esse problema. No entanto, sempre é possível reduzir os sintomas deste problema horrível.

Tratamento da Mucosite Oral

A mucosite oral é um efeito colateral comum depois da quimioterapia. O tratamento pode ser focado na redução do desconforto. Há algumas coisas que se pode fazer para reduzir os efeitos colaterais:

  • Escolha uma escova ultra macia para escovar os dentes
  • Evite usar enxaguante bucal com álcool. Nosso oxigênio líquido  não contém álcool, então pode ser usado. Também não contém aditivos químicos e foi especialmente designado para bocas sensíveis.
  • Coma alimentos macios, nem muito frios, nem muito quentes.
  • Evite alimentos muito temperados ou muito salgados.
  • Beba muita água ou chá de ervas

 

Precisa de ajuda para recuperar ou cuidar dos tecidos moles?

Quer saber mais sobre como cuidar da mucosa e da nutrição? Converse com a nossa nutricionista. Ela pode te dar dicas práticas para se recuperar mais rápido da quimioterapia.

Perguntas frequentes sobre a mucosite oral

Posso usar esses produtos com segurança após a quimioterapia?

Sim, nossos produtos têm base em ingredientes naturais, incluindo oxigênio ativo, que tem benefícios de cura.

Estou em tratamento de quimioterapia, vou ter isso?

40 a 75% dos pacientes de quimioterapia sofrem de mucosite oral. Mais de 90% dos pacientes com tumores na cabeça e pescoço desenvolvem mucosite oral. Quase 100% de transplantados de medula óssea são afetados pela mucosite oral.

A perda de peso em alguma coisa a ver com isso?

Sim. A mucosite oral tem um grande impacto farmacoeconômico. Pode causar perda de peso, desidratação, má nutrição e a incapacidade de beber ou comer.

logo bluem, oxygen for health

2 keer per maand tips over optimale mondverzorging?

10.000+ Mensen gingen je voor en ontvangen 2 keer per maand gratis tips in hun mailbox

Je bent succesvol ingeschreven.

logo bluem, oxygen for health

Keep informed

All about the Bluem news

Succesfull subscribed!